Skip to content

O cantinho dos afetos… e da saúde

Agrupamento de Escolas de Anadia

Reportagem no jornal “Região Bairradina”

ms

O Agrupamento de Escolas de Anadia organizou, uma vez mais, uma Mostra de Sopas, atividade que foi desenvolvida no dia 15 e 16 de outubro. Decorrida no âmbito do Dia Mundial da Alimentação, pretende devolver o hábito de comer sopa à refeição e incutir nos mais novos hábitos de alimentação saudáveis.

Em conversa ao RB, o diretor do Agrupamento de Escolas, Jorge Humberto, reiterou que esta atividade está integrada no “Projeto Educação para a Saúde” (PES) que envolve também a participação ativa dos encarregados de educação. A confeção das sopas ficou a cargo dos mais velhos, que se tiveram que inscrever para participarem. O objetivo foi ter pelo menos uma sopa de cada turma, desde o pré-escolar ao secundário.

Jorge Humberto foi ainda perentório a afirmar que os pais já começam a adquirir o hábito de participar nesta iniciativa, que na Escola Básica e Secundária de Anadia vai na VI edição e na Escola EB 2, 3 de Vilarinho do Bairro na IX edição. “já faz parte do nosso plano anual de atividades. É uma tradição saudável”. O responsável destacou ainda todo o pessoal do PES envolvido nesta atividade, atestando que foi uma peça chave na organização.

Também a coordenadora do PES, Licínia Simões, se mostrou muito satisfeita com a adesão à iniciativa, destacando que “é a primeira vez que estamos a fazer a mostra nesta escola, nos anos anteriores fazíamos duas mostras, uma na Escola Básica e outra na Secundária, e este ano juntaram-se os alunos novos nesta iniciativa”.

A responsável destaca ainda o papel dos pais que “trazem sopas muito boas e daí o sucesso da atividade”.

Número de sopas

Na Escola Básica e Secundária de Anadia o desafio angariou cerca de 50 sopas, sendo uma mostra marcada pela variedade. “Tenho que dar louvor aos pais que trouxeram sopas muito boas e é isso que confere sucesso à atividade. Se não fossem eles, por muito que fizéssemos era difícil”.

A introdução desta atividade no primeiro ciclo foi considerada também um grande sucesso, tendo sido registada a participação de cerca de 70 sopas. Na Escola EB 2,3 de Vilarinho do Bairro oarticiparam 25 a 30 sopas, número que a responsável atestou ser o normal relativamente a outras edições.

A iniciativa integrou-se ainda no projeto Sopa.come que visa a redução do sal na alimentação. Nas cantinas das escolas está a haver uma aposta na formação para que esta redução seja efetiva, pretendendo atingir uma meta de 0,2 gramas de sal, sensibilização que também está a ser feita junto dos pais e encarregados de educação, para potenciar a diminuição das doenças cardiovasculares.

»»» Inês Maia de Almeida

RB

Licínia Simões – Coordenadora do PES

%d bloggers like this: