Skip to content

O cantinho dos afetos… e da saúde

Agrupamento de Escolas de Anadia

A importância do sono na idade escolar

No âmbito do Projeto Educação para a Saúde do Agrupamento de Escolas de Anadia, decorreu, no dia 11 de janeiro, pelas 21.00 horas, uma palestra subordinada ao tema: HORAS DE SONO E DE SONHO e que teve lugar na Biblioteca Municipal de Anadia.

No percurso até ao salão de conferências, os participantes podiam observar uma exposição de trabalhos realizados por alunos do 9º ano da escola nº 2 de Vilarinho (profª Paula) e da escola secundária (profª Isabel) subordinados ao tema “Um quarto de sonho”.

A atividade esteve a cargo da Professora Doutora Teresa Paiva, Médica neurologista, Professora da Faculdade de Medicina de Lisboa e especialista em Medicina do Sono e ainda da Doutora Teresa Rebelo Pinto, Psicóloga, especialista em Educação do Sono. Abordaram a temática da Importância do Sono em Idade Escolar. Duas alunas da Escola nº 2 de Vilarinho do Bairro leram um texto de José Jorge Letria “O sono e o Sonho”, tendo outra aluna feito a apresentação da Drª Teresa Paiva.

Destacam-se alguns excertos da sessão que pretendem resumir o seu conteúdo, muito interessante e acessível a todos os presentes, tais como a apresentação de uma notícia (DN 9-8-2011), sobre o resultado dos exames nacionais:

“ ao contrário da primeira fase, a média do exame nacional de Português tee agora média positiva. Chegou aos 10 valores, depois de ter registado 9,6 valores. As notas de Matemática caíram nesta segunda fase. Depois de terem chegado aos 10,6, nesta segunda fase os alunos internos não foram além dos 9,1 valores.”

O sono é afetado por emoções, hábitos e cognição. O sono é essencial para o cérebro, tendo impacto sobre a memória: a privação de sono altera seletivamente a memória de estímulos neutros e positivos; alguma resistência aos estímulos negativos.

Sem Título2Crescer sono 075

O sono ativa a aprendizagem quer seja motora, verbal ou visuo- espacial. Também ativa o “insight” ou seja o encontrar soluções escondidas, popularmente conhecido por “dormir sobre o assunto” e faz a integração da memória relacional. A falta de sono prejudica a criatividade no que diz respeito à flexibilidade e a originalidade.

 O sono é essencial para o corpo, a privação crónica do sono provoca maior risco de diabetes, hipertensão, doença coronária, obesidade, depressão, ansiedade insónia, cancro da mama e da próstata, acidentes e morte. A privação do sono crónica existe em todos os países do mundo.

Foram apresentados dois estudos sobre “como dormem as crianças e os jovens em Portugal”:

Sem TítuloSem Título1

O sono e emoções, o aumento de eventos positivos “uplifts” dão melhor sono subjetivo, menos tempo em N2 e mais tempo em SWS (Tomfohr et al 2011). A avaliação das emoções varia ao longo do dia com uma maior e progressiva reatividade a aspetos negativos e ameaçadores. Um episódio de REM pode reverter esta negatividade facilitando estas reavaliações mais objetivas e positivas.

O sono nas crianças controla o humor, a memória, a aprendizagem e a criatividade. Não dormir perturba o crescimento, diminui o sucesso escolar, torna-as infelizes e agitadas.

O sono e as hormonas:

Sem Título3

Se uma criança não aprende a autonomia simples de adormecer sozinha, não vai ser um adulto autónomo. A privação de sono nos pais é importante, os pais são fundamentais na educação e desenvolvimento dos seus filhos.

As novas tecnologias trazem problemas se usadas em excesso, usar demais telemóvel, sms, tv, jogos e computador associa-se a insucesso escolar, sonolência e a maiores índices de depressão.

Mensagem:

Dormir bem

é essencial

para uma vida

saudável.

 

É de louvar a forma como a palestra foi conduzida bem como a adesão por parte da comunidade escolar, na medida em que a salão de conferências se encontrava sobrelotado de pais/EE, professores, enfermeiras e outros, que colocaram muitas questões à Drª Teresa Paiva, tal o interesse pelo tema.

No fim da palestra alguns alunos de Vilarinho e de Anadia mostraram o seu talento musical,  “A escola tem talentos”, cuja organização esteve a cargo das professoras Marily e Graça Matos. Apresentou este momento musical a aluna Mariana Cró.

A coordenadora da equipa do Projeto de Educação para a Saúde, profª Alexandra Gonçalves, agradeceu a todos os que tornaram possível esta atividade, alunos, professores, à Vereadora Dra. Rosa Tomás, pelo apoio prestado ao Projeto de Educação para a Saúde e à Diretora da BMA, Dra. Sónia Almeida, pelo acolhimento prestado e a todos os professores que de alguma forma colaboraram com a iniciativa, contribuindo também eles para o êxito da mesma.

A profª Drª Teresa Paiva é autora de numerosas obras sobre o tema e também é responsável pelo primeiro mestrado do sono a nível mundial. Tem-se dedicado a ver e a ensinar os outros a dormir.
O seu trabalho foi por diversas vezes premiado e colabora regularmente em ensaios clínicos com especialistas de todo o mundo. Criou o centro de Eletroencefalografia e Neurofisiologia Clínica (CENC) e é co-autora de várias obras relacionadas com a temática do sono.

Licínia Simões (PES)

%d bloggers like this: