Skip to content

O cantinho dos afetos… e da saúde

Agrupamento de Escolas de Anadia

 


Há noites assim, agradáveis pela aprendizagem, pelo convívio e pela partilha.
No âmbito do Projecto de Educação para a Saúde em articulação com a Biblioteca Municipal de Anadia, foi possível realizar esta actividade para toda a comunidade . A vereadora da cultura Drª Rosa Tomás da Câmara Municipal de Anadia abriu a sessão de trabalhos assim como a Drª Alexandra Gonçalves coordenadora da Equipa de Educação para a Saúde.


O Dr. Polybio Serra e Silva da Fundação Portuguesa de Cardiologia apresentou o tema “Aprender a comer bem, para viver além dos cem…” de uma forma cativante, abordou um assunto sério tornando-o acessível a todos os presentes, deu sugestões de uma alimentação saudável,  alimentos a evitar, formas de cozinhar, tudo isto sempre em quadras, parabéns à sua veia poética. 

E como mensagem final:

De seguida as enfermeiras Silvana e Sandra da Unidade Cuidados da Comunidade (UCC) de Anadia apresentaram o tema ” Obesidade – factor de risco cardiovascular”, incidiram sobre os vários tipos de obesidade (forma de maçã e forma de pera) e os problemas inerentes, o Índice de Massa Corporal (IMC), o perímetro abdominal e a importância de monitorizar estes parâmetros.

A Drª Elisabete Serrada da Unidade Saúde Pública (USP) de Anadia apresentou os resultados do projecto “Anadia, Menu Saudável”.

Este estudo foi iniciado em 2010 nas cantinas escolares e nas cantinas dos lares de idosos do concelho de Anadia, visava avaliar a quantidade de sal ingerido diariamente nas refeições servidas nas respectivas cantinas. Os resultados iniciais foram preocupantes, tendo sido feita formação às 36 cozinheiras(os) de modo a sensibilizar estes trabalhadores para evitar o excesso de sal e informar acerca das consequências para as crianças e idosos utentes das cantinas em estudo.

Após a formação às cozinheiras(os) houve ligeiras melhorias, no entanto, as crianças e os idosos continuam a consumir excesso de sal sendo nalguns casos 7 vezes superior ao valor normal : adultos – 1 colher de chá por dia e crianças 1 colher de café por dia. Concluiu que há necessidade de continuar o trabalho de sensibilização/informação da população do concelho de Anadia para os riscos do consumo excessivo de sal.

No final das palestras os presentes visitaram a exposição de trabalhos realizados pelos alunos do Agrupamento.

Exposição – “CORAÇÃO…”

Marcadores de livros das escolas Básicas nº2 de Anadia e de Vilarinho e da escola Secundária:

 

Esculturas da escola nº2 de Vilarinho:

Telas da escola nº2 de Vilarinho:

Licínia Simões

%d bloggers like this: