Skip to content

O cantinho dos afetos… e da saúde

Agrupamento de Escolas de Anadia

Durante a puberdade os ovários das raparigas começam a libertar as células sexuais femininas, os óvulos. Este processo chama-se ovulação e é o que te permitirá um dia poderes ser mãe. Todos os meses é libertado um óvulo por um dos ovários, iniciando a sua viagem até ao útero. Se esta célula não se encontrar com um espermatozóide (célula sexual masculina), desfaz-se no útero com o sangue da sua parede. É assim que este revestimento uterino sai do teu corpo através da vagina, transformado numa pequena quantidade de sangue, outros líquidos e tecidos a que se dá o nome de fluxo menstrual.

A saída mensal deste sangue chama-se menstruação, que em latim se diz mensi (mês). As raparigas começam a ter a menstruação por volta dos 11 ou 12 anos de idade, mas pode acontecer aos 9 ou aos 15 anos, sendo isso perfeitamente normal. O período ou tempo que dura essa hemorragia pode ir de 3 a 8 dias. Quando se inicia a menstruação esses períodos podem ocorrer com irregularidade e durante um ou dois anos não ser rigorosamente mensal, mas isso também é normal. Nesses dias poderás usar pensos ou tampões para absorver o sangue que sai da vagina. Não te esqueças que a higiene é fundamental para que mantenhas o corpo saudável.

Pode ser útil falares com alguém mais crescido sobre a menstruação (a mãe, a avó, uma tia), alguém que te ensine, por exemplo, o que fazer para estares preparada para o primeiro período, como utilizar os pensos e tampões, ou o que fazer se tiveres dores de barriga nesses dias. Estas dores são nalgumas mulheres mais frequentes, mas resolvem-se facilmente com medicamentos adequados.

Este é um processo natural e saudável que deverás aceitar com tranquilidade e procurando ajuda familiar ou médica sempre que tenhas dúvidas ou angústias. Significa que o teu corpo funciona bem e que poderás engravidar se tiveres relações, pelo que deves pensar, aconselhar-te e tomar precauções quando iniciares a tua actividade sexual. Esta é a linguagem maravilhosa do teu corpo sexuado, trata-o com carinho e ouve-o com a atenção que ele merece.

Enfª Lígia Antunes

%d bloggers like this: