Skip to content

O cantinho dos afetos… e da saúde

Agrupamento de Escolas de Anadia

Não, são conceitos diferentes.

A sexualidade é uma parte integrante da nossa personalidade que se desenvolve ao longo de toda a nossa vida.
A sexualidade é uma fonte de comunicação e de prazer, uma forma de expressar a afectividade, uma maneira de cada pessoa descobrir a si mesma e à outra.
A sexualidade pode ter uma função reprodutiva mas apenas quando livre e responsavelmente o desejarmos.
É preciso, portanto, diferenciar sexualidade e reprodução e saber o que queremos e em que momento o queremos, assumindo a responsabilidade que essas decisões comportam.

Relacionarmo-nos, comunicarmos, trocar afecto e prazer é importante e maravilhoso. Ter uma criança também o é. Mas desejamos tê-la? E quando? Temos condições económicas? E disponibilidade afectiva? O que desejamos e quando? Estas são algumas das questões em que vale a pena pensar e reflectir.

Enfª Carmen Santos

%d bloggers like this: