Skip to content

O cantinho dos afetos… e da saúde

Agrupamento de Escolas de Anadia

Além do carinho, do afecto e das emoções compartilhadas durante o beijo na boca, as pessoas trocam saliva (fluido formado por 99% de água e que contém amilase, enzima digestiva que decompõe o amido contido nos alimentos), sais minerais e uma variedade de vírus e bactérias, muitos deles causadores de doenças.

As principais doenças que podem ser transmitidas por um beijo na boca são:

» Cárie dental – doença infectocontagiosa causada por bactérias como Streptococcus mutans, que provoca a desmineralização do esmalte do dente, ocasionando destruição localizada, progressiva e irreversível.

» Gengivite – inflamação da gengiva que pode progredir e atingir o osso alveolar, que envolve e segura os dentes. É causada pela placa bacteriana, película incolor e pegajosa que se forma continuamente nos dentes.

» Faringite – inflamação da faringe, região situada entre as amígdalas e laringe (onde se forma a voz), pode ser causada por vírus e bactérias.

» Laringite – inflamação aguda ou crónica da laringe (onde estão as cordas vocais), causada por vírus e também bactérias.

» Amigdalite – inflamação das amígdalas, geralmente provocada por uma infecção estreptocócica (bacteriana) ou, com menos frequência, por uma infecção viral.

» Herpes labial – afecção cutânea aguda causada pelo Herpes simplex virus. O vírus pode ser transmitido mais facilmente na fase aguda, quando está em plena atividade e deixa o lábio cheio de pequenas bolhas.

» Candidíase – também conhecido como “sapinho”, caracteriza-se por áreas brancas na mucosa que, quando raspadas, deixam a região vermelha e sangrante. É causada por leveduras pertencentes ao género Candida albicans.

» Gripe – doença infecciosa muito contagiosa, quase sempre epidémica, devido a vários vírus do grupo Myxovirus influenzae.

» Mononucleose – popularmente chamada “doença do beijo”, é altamente infecciosa pois precisa apenas do contacto directo da mucosa com a saliva contaminada para ser transmitido. É uma doença de progressão benigna e muito comum; 79% dos casos são causados pelo vírus Epstein-Barr, e 21%, pelo Cytomegalovirus, ambos transmitidos pelo beijo, saliva e troca de outras secreções. A doença do beijo caracteriza-se, entre outros sintomas, por mal-estar, febre, dor de cabeça e de garganta, aumento de gânglios linfáticos, em especial no pescoço, e aparecimento de pequenas manchas vermelhas no palato (céu-da-boca). Estes sinais costumam aparecer após um mês do contágio.

» Hepatite:  há risco de transmissão do tipo B da doença, caso haja lesões e feridas na mucosa oral. Atenção aos piercings da lingua e do lábio! O tipo A é transmitido por fezes e o tipo C, apenas por agulhas. A vacinação pode prevenir o tipo A e B.

» Meningite – inflamação das meninges (conjunto das três membranas que envolvem o eixo cerebroespinhal).

» Tuberculose – doença infecciosa e contagiosa causada pelo Mycobacterium tuberculosis (Bacilo de Koch).

» Sífilis – doença sexualmente transmissível causada pelo Treponema pallidum (treponema pálido). Caracteriza-se por uma ferida indolor no lábio ou na língua e gânglios no pescoço. A transmissão é considerada muito rara.

Assim, não troques beijos indiscriminadamente como as sugeridas por algumas letras de canções como “beijar na boca e ser feliz”, cantado por Claudia Leite, “comigo é na base do beijo”, de Ivete Sangalo e “já beijei um, já beijei dois, já beijei três; hoje eu já beijei vou beijar mais uma vez” da cantora Gil. Uma forma de prevenção destas doenças é evitar a multiplicidade de parceiros e restringir o beijo na boca a um só parceiro, como um namorado, por exemplo. É mais saudável e muito mais romântico!

Receita para um bom hálito e gengivas saudáveis

Após a limpeza da boca, da língua, dos dentes e da gengiva, deve-se mascar um pedaço pequeno de gengibre (Zingiber officinale, que apresenta propriedades anti-inflamatórias e digestivas) e um cravo-da-índia (Syzygium aromaticum, poderoso antisséptico) durante cinco minutos. Deitar fora e bochechar com água fria.

Enfª Lígia Antunes

%d bloggers like this: