Skip to content

O cantinho dos afetos… e da saúde

Agrupamento de Escolas de Anadia

Tema – EDUCAÇÃO SEXUAL

No âmbito da Educação para a Saúde e Educação Sexual, realizou-se na nossa escola, no dia 28 de Dezembro, uma sessão de sensibilização/informação sobre Educação Sexual para funcionários não docentes.
A sessão foi dinamizada pela Drª Patrícia Pinho da A.P.F. que, durante 3 horas, trabalhou com 10 funcionárias o tema de Educação Sexual em meio escolar. No final, o balanço foi muito positivo, quer por parte das funcionárias, quer por parte da formadora, relativamente às questões, dúvidas e situações colocadas e à participação activa das funcionárias. Estas expressaram o desejo de participarem noutras sessões do género.
Nesta altura devem estar a perguntar: “Educação Sexual para as funcionárias!? É pertinente!?”
É! E passo a explicar:
A Educação Sexual em meio escolar é da responsabilidade partilhada dos professores, das psicólogas, da família, de outros parceiros (médicos e enfermeiras), mas também dos funcionários não docentes. São estes últimos que estão mais próximos dos alunos nos intervalos, apercebendo-se dos problemas relacionais. Frequentemente criam laços de amizade, conquistando a confiança dos alunos; assim, além de gerirem conflitos, são confidentes nos amores e desamores dos alunos, sendo pertinente a sua formação.
Na minha perspectiva, quem faz a escola são as pessoas — estas são o recurso mais importante. Logo, investir na formação é uma prioridade. Sensibilização e formação de todos os agentes educativos são as primeiras linhas orientadoras do projecto de Educação Sexual, contribuindo para um desenvolvimento integral dos nossos alunos. Neste sentido, sugeri à Presidente da Associação de Pais a realização de uma sessão idêntica para os Encarregados de Educação e está agendada uma sessão no dia 6 de Janeiro para os professores do 1º, 2º e 3º ciclos.

Licínia Simões coordenadora de ESES 

Postado no CICLISTA

%d bloggers like this: