Skip to content

O cantinho dos afetos… e da saúde

Agrupamento de Escolas de Anadia

  Os espermatozóides são produzidos nos testículos, e armazenados no epidídimo, estrutura em forma de C que fica em volta dos testículos. Do epidídimo parte o canal deferente que transporta os espermatozóides até à vesícula seminal, um armazém de espermatozóides maduros que produz um líquido viscoso que nutre e protege os espermatozóides. O percurso do canal deferente termina na porção da uretra que atravessa a próstata, uma glândula que também produz secreções. O trajecto final do semen é feito ao longo da uretra. Durante a relação sexual os espermatozoides são expulsos pelo pénis, juntamente com as substâncias produzidas pelas glândulas anexas (vesícula seminal e próstata) formando um líquido chamado sémen, num processo a que se dá o nome de ejaculação. Dos milhões de espermatozóides que são lançados na vagina pelo pénis, muitos conseguem subir até ao útero e daí até às trompas na tentativa de encontrar um óvulo. Se a chegada dos espermatozóides ocorrer na mesma altura que a libertação do óvulo pode dar-se a fecundação.

Enfª Lígia Antunes

About these ads

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: